fbpx

O que a neurociência diz sobre a gratidão

neuro(site)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O impacto da gratidão no cérebro é um assunto que tem sido debatido e estudado a muito tempo. Pesquisas em neurociência descobriram uma ligação entre pensamentos positivos e a ativação de certos neurotransmissores (substâncias químicas liberadas de nossas células nervosas que informam outras partes do nosso corpo).

Sem ficar muito técnico, isso significa basicamente que concentrar nossa atenção nas coisas pelas quais somos gratos, força uma mudança para o positivo. Esse ato simples estimula mais neurotransmissores em nossos cérebros, especificamente dopamina e serotonina, que promovem sentimentos de contentamento. É por isso que a dopamina e a serotonina são frequentemente chamadas de “produtos químicos felizes”.

Quando focamos nossos pensamentos no bem, nos sentimos bem, e isso se reflete em nossas ações. Sentir-se bem é o que nos permite participar de atividades que nos alimentam. Isso ajuda a moldar nossa essência, como percebemos o mundo ao nosso redor e nossa capacidade de analisar e refletir.

Você conhece aquelas pessoas que, não importa o que aconteça, sempre vêem o copo meio vazio? Bem, elas treinaram seus cérebros para reverter à negatividade. O campo da neuroplasticidade nos diz que nossos cérebros continuam a evoluir à medida que respondemos a diferentes situações, o que nos dá a capacidade de criar novos padrões de pensamento baseados na situação. Isso significa que podemos remodelar nossos pensamentos sendo intencionais e usando a repetição, dando ao nosso cérebro um novo padrão a ser seguido.

O legal de tudo isso é que temos o poder de mudar nossa mentalidade, concentrando-nos na gratidão. E não é nada complexo, a pesquisa mostra que atitudes simples são capazes de promover grandes transformações.

Aqui estão três maneiras simples de começar a desenvolver uma mentalidade de gratidão hoje.

Diga “por favor” e “obrigado”.

Qual é a palavra mágica? Se você é como eu, você já usou isso algumas vezes com seus filhos, afilhados ou sobrinhos. Dizer “por favor” e “obrigado” é a base das boas maneiras. Mas muitas vezes esquecemos o poder que possuem, especialmente em um ambiente corporativo.

Em nosso núcleo, o que nos une é o desejo de nos sentir reconhecidos e valorizados. Todos nós queremos nos sentir admirados. E mostrar apreço pelos outros é o lugar para começar. Ele projeta uma atitude de gratidão. Dizer aos outros que apreciamos e valorizamos suas ações. Não apenas você fez com que eles se sentissem bem, como também reforça o comportamento deles.

Dizer “por favor” é sobre pedir permissão. Dizer “obrigado” transmite a nossa gratidão.

Use conversa interna para redirecionar seus pensamentos.

Para criar com sucesso uma atitude de gratidão, precisamos aprender a redirecionar pensamentos negativos. É normal que, às vezes, esses pensamentos negativos pareçam assumir o controle, geralmente como autocrítica para algo que fizemos (ou não fizemos). Comece aceitando que esses sentimentos são naturais e proporcionam espaço para apreciar ainda mais o bem.

Agora, quando pensamentos negativos passam a “pairar sobre a sua cabeça”, use a autofala para apontar em uma direção diferente. A escolha em como lidar com esses pensamentos é sua. Você pode permitir que esses pensamentos se perpetuem ou pode se colocar em uma direção diferente.

A conversa consigo mesmo (autofala) pode ocorrer de formas diferentes de uma pessoa para outra. No meu caso, eu literalmente digo a mim mesma para parar com estes pensamentos, pois eles não passam de “imaginação”. Em seguida, evoco as muitas coisas pelas quais sou grata, a exemplo de minha família amorosa, minha filha (que já está com 23 anos) a quem tenho muito orgulho e a incrível comunidade de pessoas com as quais eu posso colaborar diariamente. Tente isso, você pode gostar!

Mantenha um diário de gratidão.

Desenvolver uma prática de registro no diário é uma maneira simples de mudar para uma mentalidade de gratidão. Não precisa ser demorado. Dedique alguns minutos todos os dias para escrever duas ou três coisas pelas quais você é grato. A implementação de uma cadência em torno do foco na gratidão é o que nos ajuda a criar esse padrão em nosso cérebro – ao mesmo tempo em que queremos ver o copo meio cheio ao invés de meio vazio.

Um diário de gratidão também promove a atenção plena. Em uma época em que estamos constantemente correndo para a próxima coisa em nossa lista de tarefas, pode ser difícil permanecer presente. Mindfulness é a prática de concentrar nossa atenção no momento presente, que também tem sido ligado à neuroplasticidade.

Há muitas maneiras de se concentrar intencionalmente em ser atento, mas começar com um diário de gratidão é uma maneira fácil de começar. Apenas o ato de dedicar alguns minutos por dia para escrever pelo que somos gratos significa que estamos sendo conscientes. Lembre-se, você não precisa manter essa prática para si mesmo.

Os eventos atuais do nosso mundo frequentemente evocam pensamentos tristes e até mesmo desesperados. Minha esperança é que possamos começar a moldar nossos pensamentos para nos concentrarmos na gratidão para ajudar a promover mais felicidade em nossas comunidades. Segundo a neurociência, ao desenvolver uma mentalidade de gratidão que se concentra no bem, teremos mais energia para fazer coisas boas – no trabalho e além.

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Katiane Vieira
Katiane Vieira

Escritora, palestrante e atitude e empreendedora social com foco em desenvolvimento sustentável. Seu objetivo é motivar as pessoas de todos os cantos do mundo a fazerem mais para que possam viver uma vida mais feliz, seja para obter mais benefícios de suas atividades diárias ou para viver uma vida cheia de emoções positivas e realizações únicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias
Podcast
Acompanhe no Facebook
Teste de Inteligência Emocional
Quer receber novidades? Coloque seus dados abaixo!

Escritora e Palestrante

ENTRE EM CONTATO

Contato para Palestras

contatos

© Copyright  2020 | Katiane Vieira | Todos os direitos reservados.

Scroll Up