fbpx

Bullet Journal: mais produtividade e organização no seu dia a dia

Bullet Journal

Compartilhe:

O Bullet Journal, como é conhecido hoje, foi nomeado em 2015 por Ryder Carroll, um designer novaiorquino que percebeu que, assim como ele, outros profissionais que lidavam com tecnologia estavam cada vez mais voltados a usar papel para montar seus planejamentos, registrar ideias e coisas a fazer.

Bullet Journal nada mais é que isso: um método manual e personalizado de montar sua agenda e calendário, com foco no que é mais importante pra você: seu trabalho e sua vida – de forma criativa e focada nas suas prioridades. O método desenvolvido por Ryder reune em um só lugar todos os aspectos do dia-a-dia: tarefas, lembretes, planos de uma próxima viagem, compromissos futuros, listas de filmes – e o que mais você quiser. Em outras palavras, produtividade, papel e simplicidade.

Pode até parecer esquisito para você, em plena era digital abrir mão dos Outlooks da vida e apostar numa agenda física e manuscrita… Mas acredite, a ideia não surgiu do nada e vem embasada em uma pesquisa norte-americana que mostrou resultados surpreendentes em relação às pessoas que não abrem mão de anotar manualmente seus afazeres.

O estudo mostrou que escrever uma frase por dia pode nos deixar mais felizes e que escrever nossos objetivos pode nos ajudar a alcançá-los. Esses são só alguns exemplos. Vários estudos afirmam ainda que ter uma agenda e saber usá-la de forma eficiente ajuda as pessoas a serem mais produtivas e organizadas.

Atualmente há muita gente talentosa de vários países utilizando o sistema, demonstrando organização e muita criatividade. Isso porque qualquer pessoa com um caderno em mãos pode começa-lo.

Seu intuito? Segundo Ryder…

“acompanhar o passado, organizar o presente e planejar o futuro”.

Trabalho com empreendedorismo e a coisa que mais escuto dos empresários é que eles não têm tempo para incorporar novas tarefas no dia-a-dia da empresa. Acredito muito que a organização do tempo começa com uma agenda bem produtiva. Talvez, uma mudança simples, incorporada no dia-a-dia possa garantir 30 minutos exclusivos para inovar algum processo na empresa.

Não é uma técnica fácil ou intuitiva, ainda assim foi adotada por milhares de pessoas. Em entrevista ao Science of Us, o neurocientista Daniel Levitin, autor de The Organized Mind (A Mente Organizada), explica que, no geral, quanto mais difícil for uma técnica, menos pessoas a adotarão. Os bullet journals, no entanto, fogem da regra porque funcionam como uma forma de as pessoas externalizarem suas memórias.

Várias pesquisas reforçam a crença: fazer listas te deixa menos estressado e escrever à mão uma tarefa que você precisa fazer, aumenta as chances de ela ser realizada. “Em outra palavras, tirar o que está na sua cabeça e colocar no mundo, seja em uma agenda ou em post its na sua geladeira, pode te fazer bem”, afirma Levitin.

Com o designer novaiorquino aconteceu exatamente isso. Carroll, apesar de muito talentoso diz que seu dia-a-dia era uma verdadeira bagunça e que seu tempo era mal aproveitado até que bolou o seu bullet journal – uma agenda de compromissos, afazeres e intenções costumizada. Para ele funcionou tão bem que resolveu partilhar a técnica que viralizou e ganhou milhares de adeptos no mundo todo, inclusive no Brasil. É só buscar o termo “bullet journal” no Instagram, no Tumblr ou no Twitter, para encontrar várias imagens maravilhosas de pessoas que organizaram suas vidas com o método de Carroll.

Como começar um Bullet Journal? 

Inicialmente, você precisará apenas de dois objetos essenciais: um caderno e uma caneta. Muitas pessoas acrescentam outros materiais nas páginas como canetas coloridas, adesivos, post its, washi tape. Isso vai de acordo com a sua vontade.

Uma outra boa ideia é usar os cadernos inacabados que sempre ficam parados em casa, evitando assim uma compra desnecessária.

Você tem o poder de direcioná-lo de acordo com suas necessidades (se é estudante, por exemplo, pode colocar os tópicos a serem estudados; se precisa limpar a casa, escreva a rotina do dia ou defina prazos; se é empresário, anote seus planejamentos, registre ideias, e assim por diante).

Na internet você encontrará vários tutoriais com dicas para criar, gerir e personalizar seu bullet journal. Compartilho duas que, podem até parecer banais, mas fazem toda a diferença para obter um melhor aproveitamento do Bullet Journal.

  • Crie um Índice: independentemente de quantas páginas você vai colocaBullet Journal - indicer no seu bullet, a primeira precisa SEMPRE ser o índice. Sem ele, o sistema perde a função. É o índice que irá ajudá-lo a encontrar as suas tarefas ao longo do seu Bullet Journal.  Exemplo: Agosto página 1-9 ; Setembro 10-18.
  • Defina seu sistema de legendas: na hora de montar a legenda, o principal é você ir pelo que é mais prático. De nada adianta você colocar um milhão de símbolos ali se só vai usar dois ou três e esquecer a função da metade. Lembre-se que essa legenda é algo que você precisa identificar só de bater o olho, então opte pela simplicidade. Ainda mais se for a sua primeira vez testando o método. Se você quiser, pode saber mais sobre isso clicando aqui.

Uma última dica: Crie listas! No meu há algumas listas de coisas que planejo fazer ao longo do ano. Uma delas, por exemplo, é a lista de todos os livros que pretendo ler em 2018!

Visite o site do Bullet Journal caso queira saber mais truques e dicas sobre esta solução de gestão de tarefas. O importante é você criar a sua técnica e adaptar ao que é bom para o seu dia a dia!

Até o próximo post!

Abraços, Katiane

 

Compartilhe:

Katiane Vieira
Katiane Vieira

Escritora, palestrante e empreendedora social com foco em desenvolvimento sustentável. Seu objetivo é motivar as pessoas de todos os cantos do mundo a fazerem mais para que possam viver uma vida mais feliz, seja para obter mais benefícios de suas atividades diárias ou para viver uma vida cheia de emoções positivas e realizações únicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias
Podcast
Katiane Vieira
ACESSE!
Teste de Inteligência Emocional
Acompanhe no Facebook
Quer receber novidades? Coloque seus dados abaixo!