fbpx

Como praticar a empatia durante a pandemia do COVID-19

como desenvolver a empatia

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A empatia é sempre importante, mas é particularmente vital durante uma crise de saúde pública. A pandemia do novo coronavírus levou a grandes mudanças e interrupções em quase todos os aspectos da vida diária.

Com mandatos e diretrizes mudando o tempo todo, é fácil sentir-se oprimido por nossas próprias ansiedades. É importante praticar a empatia durante esse período, não apenas com os outros, mas com você também. 

Há muitos benefícios em praticar a empatia. Com os outros, ela pode ajudá-lo a se sentir menos solitário e mais conectado. Também aumenta a probabilidade das pessoas alcançarem e ajudarem os outros quando precisarem.

Além de aumentar a conexão social e aumentar os comportamentos de ajuda, a empatia com os outros também melhora a sua capacidade de regular emoções durante períodos de estresse. Sentir empatia permite que você gerencie melhor a ansiedade que está sentindo sem se sentir sobrecarregado.

 

Maneiras de criar empatia

Algumas pessoas são simplesmente empáticas por natureza, mas há muitas coisas que você pode fazer para cultivar suas próprias habilidades de empatia. Uma pesquisa realizada por Helen Riess, professora associada de psiquiatria da Harvard Medical School, diretora do Programa de Empatia e Ciência Relacional do Massachusetts General Hospital em Boston, mostrou que a empatia é uma habilidade emocional que pode ser aprendida. 

Ouvir os outros, participar de ações em prol de outras pessoas, observar as ações empáticas dos próximos e imaginar-se na situação de outra pessoa são estratégias que podem ajudar a criar empatia.

A seguir, elenco atitudes que você pode ter para se manter empático, mesmo que pareça que ficar em contato com outras pessoas seja mais difícil do que nunca.

Permaneça conectado

Em uma época na qual as pessoas praticam distanciamento social, auto isolamento e quarentena, é muito fácil se voltar para dentro e se concentrar apenas em você ou na sua família. Uma pesquisa realizada pela organização britânica Runnymede Trust da Cruz Vermelha Britânica sugere que cuidar dos outros é uma das melhores maneiras de combater sentimentos de isolamento. 

Mostrar empatia e participar de ações úteis, seja doando para uma instituição de caridade ou escrevendo uma nota de apoio a um amigo, pode aumentar seus sentimentos de conexão social.

Portanto, embora você possa manter distância física de outras pessoas para impedir a propagação do vírus, isso não significa que você precisa estar emocionalmente distante. Mostre preocupação e mantenha-se conectado às pessoas em sua vida.

Estar ciente

Considere algumas das maneiras pelas quais a pandemia afetou sua vida. Você está trabalhando em casa ou em licença remunerada? Seus filhos estão tendo aulas on-line devido ao fechamento da escola? Você tem muita comida na despensa e no freezer?

Agora pense em como os outros podem responder a essas mesmas perguntas, dependendo da situação e das circunstâncias. Muitas pessoas perderam o emprego e estão desempregadas, outras não têm escolha a não ser continuar trabalhando. Algumas pessoas estão preocupadas em encontrar assistência infantil à medida que continuam trabalhando, e muitas podem estar lutando para encontrar ou pagar por necessidades básicas.

Empatia e compreensão são uma parte crítica da compaixão e, mais importante, da ação. Pense nos outros e procure maneiras de ajudar.

 
Seja gentil

Acalme-se com você e com os outros. Tudo bem se você não conseguir fazer tudo. Tudo bem se seus filhos estiverem assistindo TV demais ou se você não estiver seguindo suas rotinas habituais. É muito para lidar e todos lidam com o estresse, a ansiedade e o medo de maneira diferente. Dê uma folga e pratique a autocompaixão.

Os pais que trabalham estão lutando para gerenciar as crianças que estão em casa o dia todo, agora que muitas escolas estão fechadas. A situação de trabalho não é apenas instável, mas os pais também estão tentando ajudar as crianças no ensino à distância.

Aqueles que trabalham na área da saúde estão mais ocupados do que nunca. Eles não apenas estão lidando com o estresse de estar na linha de frente de uma crise de saúde pública, mas também podem estar lutando para encontrar alguém para cuidar de seus próprios filhos enquanto estão no trabalho.

Todos temos nossas próprias ansiedades, mas isso não significa que devemos perder nossa bondade diante de uma crise.

 

Seja atencioso

Às vezes, podemos ser rápidos em criticar os outros sem fazer um esforço para entender como a situação e as experiências deles estão afetando suas escolhas. Sim, é fácil lançar críticas a outras pessoas em tempos de crise, principalmente aqueles que não parecem levar a situação a sério. Tente lembrar que todos lidam de maneira diferente a um mesmo problema. As pessoas também podem se sentir sobrecarregadas por informações conflitantes de fontes de notícias e mídias sociais. 

Embora você não possa controlar como os outros se comportam, você pode controlar suas próprias ações e fazer sua parte compartilhando informações de saúde de fontes legítimas. Peça a outras pessoas que observem seu desejo de distância física e tente encorajar gentilmente amigos e familiares a ficar em casa, lavar as mãos com frequência, praticar distanciamento social e se auto isolar se sentirem sintomas.

 
Ajude outros

No meio de algo que parece avassalador, ajudar aos outros pode proporcionar uma sensação de controle e empoderamento. Quando o mundo parece imprevisível e caótico, encontrar maneiras tangíveis de fazer o bem e melhorar as coisas para outra pessoa pode ser uma fonte de conforto.

Algumas maneiras pelas quais você pode praticar empatia:

  • Se você estiver em uma posição financeira em que possa ficar em casa, procure maneiras de apoiar outras pessoas que estejam com dificuldades.
  • Ofereça-se para ajudar os vizinhos que talvez não possam sair de casa para conseguir as coisas de que precisam. Comprar mantimentos e utensílios domésticos ou solicitar itens extras de entrega on-line ou serviços de coleta são bons exemplos de maneiras pelas quais você pode oferecer assistência tangível.
  • Não entre em pânico. Se você está comprando itens demais, dificulta que os outros encontrem o que precisam.
  • Doe bens não perecíveis que você possa ter em sua despensas de alimentos.
  • Apoie o comércio local comprando dos mercadinhos, lojas, padaria e feiras próximos da sua casa.

Fique em casa. Uma das melhores coisas que você pode fazer para apoiar os outros é simplesmente ficar em casa. Ficar fora do caminho ajuda a impedir a propagação do vírus, o que ajuda a garantir que os profissionais e recursos de saúde não sejam sobrecarregados.

Uma palavra para encerrarmos

A empatia é sempre importante, mas é particularmente vital durante uma crise de saúde pública. Praticar empatia durante a pandemia do COVID-19 não apenas abre a sua mente para o que os outros estão experimentando, mas também pode fornecer conexão social que pode ajudar a combater sentimentos de isolamento. Durante um evento de grande escala, é importante lembrar que todos estão nisso juntos – pense nos outros, procure o que puder e lembre-se de pedir ajuda se precisar.

Está se sentindo um pouco triste? Para ajudar neste momento difícil que vivemos, causado pelo novo coronavírus, gravei um podcast onde apresento 5 dicas da neurociência para torna-lo mais feliz. Prefere ler? O conteúdo também está disponível através de artigo. Para conferir o artigo, basta clicar aqui

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Katiane Vieira
Katiane Vieira

Escritora, palestrante e atitude e empreendedora social com foco em desenvolvimento sustentável. Seu objetivo é motivar as pessoas de todos os cantos do mundo a fazerem mais para que possam viver uma vida mais feliz, seja para obter mais benefícios de suas atividades diárias ou para viver uma vida cheia de emoções positivas e realizações únicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias
Podcast
Acompanhe no Facebook
Teste de Inteligência Emocional
Quer receber novidades? Coloque seus dados abaixo!

Escritora e Palestrante

ENTRE EM CONTATO

Contato para Palestras

contatos

© Copyright  2020 | Katiane Vieira | Todos os direitos reservados.

Scroll Up