fbpx

Como persistir nos sonhos diante das frustrações diárias?

frustrações

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Como persistir nos sonhos diante das frustrações diárias. Esta é com certeza uma pergunta comum a todas as pessoas pelo menos uma vez na vida.

É fato que às vezes podemos fracassar durante a caminhada. Em muitos momentos da vida passamos por experiências que não estamos esperando, às vezes elas são mágicas e, ocasionalmente, elas são desagradáveis. Seja por problemas afetivos, no trabalho, de stress, diante de obstáculos, etc.

É fato que, logo que reconhecemos uma situação ruim, ficamos tristes, deprimidos, dependendo do que for, até desesperados. O que não conseguimos reconhecer na maior parte do tempo, é que a maneira como nos sentimos nesses momentos é resultado do que estamos pensando no momento, e não pelo o que está realmente acontecendo. Saiba que nossos sentimentos derivam daquilo que pensamos quando algo nos acontece, e não propriamente do acontecido.

Mas como podemos filtrar estas frustrações e acreditarmos novamente no futuro? Como lidar com essas questões para não prejudicarmos a nós e as outros que estão ao nosso redor?

Em primeiro lugar é preciso admitir e aceitar que a vida não é uma ciência exata. Sei que esta afirmação pode parecer muito óbvia, entretanto, muitas pessoas custam a aceitar essa verdade universal.

Isso não quer dizer que você deva deixar a vida conduzir você para algum lugar e não criar metas ou nada disso. Muito pelo contrário. Pela imperfeição da vida é que precisamos nos esforçar para criar nosso próprio futuro. E isso é função das metas e da correta gestão do seu tempo.

Sem “sonhos e metas” não teríamos a esperança de dias melhores e isso seria extremamente frustrante. Por isso precisamos tê-las rodeando nossa vida. Agora quando deixamos de realizar nossos sonhos por causa das urgências, falta de planejamento, terceiros em nosso dia a dia a frustração pode ser intensa até depressiva.

Ok, mas como seguir no rumo?

Acima de tudo, seja persistente! Procure planejar suas metas com a máximo de detalhes possível. Claro que não há condições de saber todos os passos ou todas as datas, entretanto, faça um ponto de revisão mensal pelo menos para ficar nos trilhos.

Semanalmente coloque alguma atividade de suas metas na agenda. Isso lhe dará a certeza de que aos poucos “as coisas vão andando”. Quando a semana está tranquila, você realiza, quando está enrolada, se necessário, adie para a próxima semana, sem culpa alguma.

É preciso entender que existe uma linha muito tênue entre a persistência e a teimosia. Saiba que persistência é acreditar e manter seu ritmo com algum tipo de resultado ao longo do tempo. Teimosia é insistir em alguma situação por anos sem nenhum resultado prático. Se for teimosia, simplesmente aceite e remova a meta da sua vida.

Existem algumas metas que são mais difíceis de serem alcançadas, as vezes tem terceiros envolvidos ou números ousados. Isso não pode significar que você estacione e não faça mais nada. Independentemente do andamento de uma meta, não pare as outras. Algo vai acontecer quando você se coloca em ação, as coisas sempre fluem!

Quando a meta não sai do lugar, em geral o erro está em apenas dois lugares: especificação errada – ou seja, você definiu uma meta que não quer muito ou está além de qualquer possibilidade.

O outro lugar de erro (e mais comum) é o plano de ação, eu já falei muitas de vezes aqui no blog que executamos coisas pequenas (tarefas) com duração máxima de poucas horas. Metas que não andam, tem tarefas ou passos grandes demais para execução, acabam permanecendo na contemplação.

Também é preciso ter consciência de que sempre haverá os “sem fé” que vivem dizendo: “Esquece isso.”, “Faça assim.”, “Isso não vai dar certo.” , “Desista”, “Você enlouqueceu?”, etc. Nestas horas, agradeça a sua opinião sincera e siga seu caminho (de preferência longe do pessimista). O que os outros pensam sobre você é problema deles, e não seu!

Viver não é simples. Pelo o contrario, é desafiador. E é justamente por isso que precisamos de altas doses de persistência, planejamento, gestão do tempo, fé e paciência!

E você, tem alguma história de persistência com resultado ou teimosia anulada? Compartilhe nos comentários suas dicas e histórias de como persistir nos sonhos diante das frustrações diárias!


P.S. Caso você precise de uma ajudinha extra, sugiro baixar gratuitamente o Livro MINDSET – 16 passos para mudar a sua mente e alcançar resultados extraordinários, aqui mesmo no site. Em Mindset eu mostro em 16 passos que, se mudarmos de ponto de vista, perceberemos que foi por meio de equívocos e de erros que aprendemos e nos tornamos quem somos.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Katiane Vieira
Katiane Vieira

Escritora, palestrante e atitude e empreendedora social com foco em desenvolvimento sustentável. Seu objetivo é motivar as pessoas de todos os cantos do mundo a fazerem mais para que possam viver uma vida mais feliz, seja para obter mais benefícios de suas atividades diárias ou para viver uma vida cheia de emoções positivas e realizações únicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias
Podcast
Katiane Vieira
ACESSE!
Teste de Inteligência Emocional
Acompanhe no Facebook
Quer receber novidades? Coloque seus dados abaixo!