fbpx

Como parar de procrastinar em 6 passos

Procrastinar

Compartilhe:

Imagine a seguinte situação, você tem algo importante para fazer e um prazo para concluir, no entanto, em vez de fazer o que tem que ser feito, você se dispersa com outras coisa, como assistir a um filme, checar e-mail, mídias sociais, navegar na internet, sair com os amigos, ou até mesmo dar uma “descansadinha”. Você sabe que tem algo importante para fazer, mas você simplesmente não sente vontade de fazer. Você já passou por uma situação assim antes?

A procrastinação – deixar para depois, empurrar com a barriga – é um mal comum a todos nós. O problema, é que quando procrastinamos, desperdiçamos nosso tempo livre e adiamos tarefas importantes até que seja tarde demais. Quando nos damos conta de que realmente é muito tarde, entramos em pânico e nos perguntamos: “Por que eu não fiz isto antes? Porque deixei tudo para última hora?”

Procrastinar é um mau hábito que nos corrói e nos impede de alcançar maiores resultados na vida. As consequências desse hábito geram ansiedade, culpa, insegurança, baixa autoestima e até mesmo depressão. Os procrastinadores crônicos que conheço passaram anos de sua vida em loop neste ciclo. Atrasando, adiando as coisas, encarando de frente apenas quando é inevitável (último prazo), em seguida, repetem este ciclo tudo de novo.


Mas por que procrastinamos?

Pesquisadores defendem que a procrastinação é a lacuna entre a intenção e a ação, ou seja, por trás da procrastinação há um desejo de fazer algo, mas que é vencido pelo desejo de fazer outra coisa. Existem três causas para isso, e é importante você saber as causas da procrastinação para saber como lidar com elas.

  • Aversão à tarefa (Isso é tão chato de fazer!)

Isso mesmo, tarefas chatas são uma das principais causas da procrastinação, porque exigem que você faça algo que não quer. Por isso todas as vezes que você tem que limpar aquele quarto bagunçado você prefere ficar sentando assistindo um filme.

  • Medo do fracasso

Medo do fracasso? Sim, medo do fracasso. Entre uma série de variáveis que favorecem a procrastinação, o medo do fracasso é o líder da lista. Acredite, aqueles que mais têm medo de errar são os que mais procrastinam. Na hora de botar a mão na massa, acabam adiando a realização da tarefa por medo de errar.

Também pode haver, na raiz da procrastinação, um pouco de auto-sabotagem. Se achando pouco merecedor dos benefícios que a tarefa poderia lhe render, o procrastinador supervaloriza os obstáculos que o impedem de cair de cabeça no trabalho, acabando com a possibilidade de fazê-lo bem-feito.

  • Distração

Parece mentira, mas a distração é causadora de procrastinação sim. Vivemos hoje em um mundo cheio de distrações. O que geralmente fazemos ao invés de realizarmos aquela tarefa é procurar por distrações. A distração é algo que nos proporciona PRAZER no curto prazo, porque estaremos evitando aquilo que “é chato de realizar” ou algo que tenhamos medo de fracassar.

Ou seja, começamos a associar DOR na realização da ação, e PRAZER na prorrogação da ação – juntamente com a distração. Passamos acreditar que deixando a ação para depois, iremos ter prazer no momento.

Agora que você já sabe as causas da procrastinação, não deixe a procrastinação tomar conta de sua vida. 


Conheça seis passos para parar de vez com a procrastinação!

Passo 1 – Especifique o seu resultado

O que você ganha realizando a tarefa? O que mudará quando você realizar o que tem que realizar? Você terá resultados em termos financeiros, emocionais, físico, mental e espiritual? Isso influenciará de forma positiva na vida das pessoas que são importantes para você?

Conhecer o resultado que você obterá realizando a tarefa é fundamental. Tenha um resultado específico, porque desta forma, você terá foco e energia para seguir em frente.

Passo 2 – Se a tarefa for complexa, então divida-a em pequenas partes

Divida sua tarefa em pequenos passos. Parte da razão pela qual nós procrastinamos é porque inconscientemente, achamos a tarefa demasiadamente grande para nós. Dividi-la em pequenas partes, e focar-se em uma parte por vez, torna a tarefa tão simples que você vai estar pensando: “Puxa, isso é tão simples que eu poderia muito bem fazer isso agora!”.

Se você ainda procrastinar a tarefa depois quebrá-la em partes, então dividi-a ainda mais.

Passo 3 – Foque no resultado, não na ação

Focar no resultado significa que você pode criar diversas opções, diversas maneiras de realizar sua tarefa. Quando focamos somente na ação, podemos ter a sensação de sobrecarga, e às vezes procuramos por distrações para nos sentirmos bem no momento, desencadeando assim a procrastinação.

Lembre-se que você pode criar diversas maneiras para realizar suas tarefas. Use sua criatividade para criar satisfação enquanto trabalha no seu projeto. Você percebera que aquela tarefa não se torna dolorosa, e sim prazerosa porque ela estará lhe proporcionando satisfação.

Passo 4 – Crie uma alavanca: associe DOR em não agir e PRAZER em agir

Esta é uma ótima maneira de assegurar que você agira ao invés de procrastinar. O que você perdera se você procrastinar? Como sua vida sofrerá em termos de relacionamento, em termos financeiros, em termos emocionais, em termos espirituais e em termos físicos?

Escreva uma lista suficientemente grande o bastante, dizendo tudo aquilo que você deixara de realizar se cair no padrão da procrastinação. Depois de criar sua lista de dor, crie sua lista de prazer. O que você ganhara se entrar em ação?

Passo 5 – Antecipação Versus Procrastinação

Quer assegurar que você não procrastinará? Então use O Poder da Antecipação como antídoto da procrastinação. Quando você antecipa alguma ação ou resultado, você cria uma grande vantagem em sua vida.

As pessoas que são consideradas altamente eficazes usam o poder da antecipação, ao invés de procrastinarem. O curioso é que quando você usa o poder da antecipação, você não age impulsionado pela pressão do tempo, muito pelo contrário, você tem o tempo a seu favor.

Imagine como sua vida seria melhorada, se você passasse antecipar as tarefas mais importantes em sua vida? Imagine a quantidade de prazer que teria? Imagine também quanto estresse você evitaria? Pense nisso.

Passo 6 – Comemore as pequenas vitórias

Uma boa estratégia para assegurar que você siga em frente em suas ações, é comemorar pequenas vitórias. Pequenas vitórias somadas durante um ano, por exemplo, se tornam grandiosas vitórias e conquistas

Toda vez que você entrar em ação e realizar alguma ação importante, comemore. De o crédito a si mesmo (a), pois isso fará com que você crie o desejo de agir novamente, condicionando assim um habito vitorioso e satisfatório.

Primeiro fazemos os nossos hábitos, depois os nossos hábitos nos fazem. – John Dryden

Nosso trabalho é criarmos e condicionarmos novos hábitos, para que possamos ter a garantia de uma vida satisfatória e realizadora, e ainda, contribuindo na vida de outras pessoas através de nosso próprio de exemplo.

O que você acha de usarmos o poder da procrastinação a nosso favor. Como? Vamos deixar para procrastinar depois!

Faça um comentário sobre este artigo, e aproveite para compartilhar alguma estratégia utilizada por você para vencer a procrastinação.

Abraços, Katiane

Compartilhe:

Katiane Vieira
Katiane Vieira

Escritora, palestrante e empreendedora social com foco em desenvolvimento sustentável. Seu objetivo é motivar as pessoas de todos os cantos do mundo a fazerem mais para que possam viver uma vida mais feliz, seja para obter mais benefícios de suas atividades diárias ou para viver uma vida cheia de emoções positivas e realizações únicas.

4 respostas

  1. Texto excelente que resume tudo o que uma pessoa procrastinadora passa. No meu caso, é o medo de fracassar por ter que realizar uma tarefa difícil e que errar fará com que alguém que eu não quero decepcionar se irrite e se magoe e me considere incapaz. Exatamente ontem, de uma forma bastante estranha, comecei do nada a realizar todas as pendências que eu tinha e mantive assim durante todo o dia de hoje. Obrigada pelo texto!!

    1. Olá Thamires! Fico feliz que o artigo tenha te ajudado. Entender por que procrastinamos nos permite desenvolver estratégias eficientes para botar a mão na massa agora, ao invés de esperar para começar amanhã. Parabéns pelos resultados obtidos! Grande abraço, Katiane

  2. Amei seu texto ! Vou imprimir e ler todos os dias!! Luto contra isso há anos! Que peso constante!!!

    1. Olá Cristina! Fico feliz em saber que o artigo tenha te ajudado. Infelizmente a procrastinação é um mal comum a todos nós. Sua decisão de imprimir e ler todos os dias é ótima! O sucesso é alcançado através de ações diárias. Um dia de cada vez e em pouco tempo você estará abandonando o hábito de procrastinar. Importante: Para a formação de um novo hábito é necessário pelo menos 21 dias de ações diárias. Alem disso, você precisará afastar da sua mente a vontade de “deixar para depois”, porque esse pensamento certamente virá! Força, foco e determinação, Cristina. Tenho certeza que você acabará com a procrastinação! Abraços, Katiane

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias
Podcast
Katiane Vieira
ACESSE!
Teste de Inteligência Emocional
Acompanhe no Facebook
Quer receber novidades? Coloque seus dados abaixo!